CPM 22 - Felicidade Instantânea

A palavra da moda é emocore. Você que senta no fundo da sala de aula começou a perceber que muitos colegas de classe passaram a virar roqueiros de última hora. Todos elogiam sem parar o CPM 22. "Aquilo sim é que é rock", dizem embasbacados.

p>A ZeroZen se sente na obrigação de avisar. Este será um dos momentos decisivos na sua vida. Se você optar em seguir pelo caminho da manada e adorar o CPM 22 como faria com um deus pagão, sua alma está irremediavelmente perdida.

Antes de mais nada saiba que CPM 22 faz, na verdade, música para corno. Sim, emocore é a versão sertaneja do punk. Apesar do som feito por Badaui (voz), Wally (guitarra), Luscius (guitarra), Portoga (baixo) e Japinha (bateria) emular as bandas do hardcore da Califórnia, principalmente o Bad Religion, o resultado é muito inferior.

As letras são medíocres. Parece que a banda só faz rimas no infinitivo. Perto deles, o Chorão do Charlie Brown Jr. vira um Pablo Neruda. Aliás, ainda bem que existe um espaço entre uma música e outra. Por que somente assim para saber quando o CD mudou de faixa, afinal todas parecem exatamente iguais. Mesmo com essa receita medíocre, não dá para negar que o CPM 22 é a banda que faz mais sucesso no rock nacional.

Portanto, se você sucumbiu a fúria adesista de seus colegas e agora anda por aí dizendo que sempre foi fã de emocore, prepare-se para uma vida patética e sem opinião própria. De qualquer maneira, se você se sentir triste no futuro, pode escutar um disco Zezé de Camargo & Luciano sem se sentir tão constrangido.

J. Tavares

Faixas
1. Felicidade Instantânea
2. Um Minuto para o Fim do Mundo
3. Apostas & Certezas
4. Irreversível
5. Não Vá Embora
6. A Cura
7. Recíproca
8. Pensamentos Negativos
9. Cidade em Chamas
10. Park, Park
11. Jovem, Alcoólatra Suicida
12. Crise de Existência
13. Contagem Regressiva
14. Reflexões
15. Depois do Fim
16. Repetição