A nova fase da ZeroZen: Nós não vamos há lugar algum e continuaremos na lenta

A ZeroZen é a única revista digital que não se vendeu (até por que ninguém quis comprar). Durante o nosso longo período de atividade ficou claro para os integrantes da equipe que estamos - muito - na frente de todo mundo. Nós lançamos tendência (algumas delas, inclusive, pela janela). Por exemplo, nós fomos os primeiros a abraçar a decadência antecipando toda a produção cultural do novo milênio. Mas nada de ficar presos as glórias do sucesso (sic e sci-fi). É hora de mudar novamente.

A ZeroZen tem o prazer de apresentar seu novo modelo de ação. Agora a revista vai apostar no Very, Very, Very Slow Journalism. Mas o que é o VVVSF? Bem, esta impoluta revista digital resolveu ampliar um conceito que, na verdade, já existe. Ele se chama Slow Journalism e surgiu na Inglaterra com o magazine Delayed Gratification.

Esse "jornalismo lento" seria uma subcultura de notícias gerada pela frustração com a atual qualidade do jornalismo. Ninguém está satisfeito com a imprensa. Nem mesmo os jornalistas. Então a ideia seria puxar o freio de mão. Ter mais tempo para desenvolver uma história. Trabalhar melhor o texto, cuidar mais da apuração dos fatos.

Os defensores desse tipo de jornalismo criticam a velocidade da internet com notícias publicadas de forma rápida e rasteira. Não raro, sites que trabalham dessa forma costumam se proclamar como antídotos para uma mídia tradicional repleta de absurdos publicitários.

Modéstia à parte, a ZeroZen entrou em contato com esse pessoal. Explicou que ter mais tempo para analisar uma matéria, trabalhar mais o texto, compreender um fato em profundidade, é mesmo genial. Tanto que a gente deu os parabéns para essa turma que acabou de inventar a revista semanal. Infelizmente nesse momento a ligação caiu. Possivelmente o pessoal foi beber no pub mais próximo.

Enfim, o que importa é que ZeroZen vai adotar uma visão ainda mais radical. Vamos escrever devagar (mas bota devagar nisso!). Qual é a vantagem, perguntará o obnubilado leitor? Fácil. Todo o texto que a ZeroZen colocar no ar será definitivo. Até por que definitivamente não teremos paciência para escrever duas vezes sobre o mesmo tema...

Da Reportagem Local, ou não